Foi a partir da confiança no potencial da economia brasileira e da certeza de que no país há mercado para produtos inovadores e sustentáveis que surgiu a GTS Química.

A empresa foi fundada em 2004 como fabricante de tintas, mas entrou numa nova fase depois de 2010, quando passou a comercializar adubos NPK.

Adotou o nome de GTS Química em 2012, quando incorporou uma visão ainda mais arrojada. Era o momento de diversificar o negócio, abrindo espaço para fabricação de produtos químicos auxiliares para indústria do açúcar e do etanol e para tratamento de água.

Em 2013 foi dado início a produção de fertilizantes especiais em sintonia com sua forte vocação para o desenvolvimento de soluções nutricionais para agricultura. A empresa conta com duas divisões (agrícola e industrial), fabricando, distribuindo e comercializando mais de 80 produtos químicos voltados as indústrias sucroenergética e alimentícia, além de um portfólio específico para a área ambiental.

Por investir numa tecnologia de ponta e por apostar no relacionamento com o cliente, a GTS expande sua atuação ano a ano, alcançando setores agrícolas e agroindustriais de relevância no mercado brasileiro.

2020, nasceu uma nova GTS mais brasileira e do campo.